Grande temas
14/04/2016

MARAVILHAS E MONSTRUOSIDADES: NA COLÔNIA, AS “SINGULARIDADES” ESQUECIDAS POR DEUS

Por: Mary del Priore

Ao longo da Idade Moderna, as combinações possíveis extraídas dos diferentes reinos da natureza pareciam infinitas, gerando o que se chamava, então, “singularidade”, “monstruosidade” ou “maravilha”. Presentes em todo o Ocidente cristão, elas fizeram a rota de tantos navegadores e chegaram junto com os primeiros colonos à terra brasilis. E junto vinha o olhar que os europeus tinham sobre a América. Ora se acreditava que o Novo Mundo era morada de seres que descendiam de Moisés, ora se acreditava que era o endereço fixo do demônio. Razão, aliás, pela qual o magistrado bordalês Pierre de Lancre, encarregado de processos de feitiçaria, reconhecia nas bruxas francesas resquícios de diabos expulsos do Novo Mundo. As terríveis criaturas teriam voltado à Europa…

Leia mais

A Coleção


Newsletter

Inscreva-se em nossa mala direta e receba informações do site